Saturday, March 28, 2020

Fepasa Baldwin AS616E 3401 azul

Foto Cid Jose Beraldo 1976
Ola Pessoal, tudo joia? bom quero apresentar um projeto que eu conclui ja tem algum tempo, trata-se de uma das melhores maquinas que a Fepasa ja teve, a Baldwin as616E. Essas maquinas antes de pararem na Fepasa teve uma trajetória interessante, vieram usadas da EFCB e também da RVPSC para a EFS e depois repassadas para FEPASA.

O modelo que eu decidi reproduzir é a de numero 3401, a cabeça da serie, fiz uma pintura bem
diferenciada (pintura Fabiano Louzada), trata-se da fase azul, mas foi um pouco diferente esse esquema do restante das outras AS616, alias ne essa maquina nunca teve ao certo um padrão a seguir, pois ja na formação da Fepasa ela iria ter vida curta, nunca chegou a receber a Fepasa fase II vermelha. Eis o padrão que ela recebeu aqui.

Ultima AS616E a ser baixada na FEPASA 3408
Bom continuando sobre essas maquinas, tiveram varias variações da fase I azul, faixas curtas e mais longas, e tb padrão transição EFS/Fepasa que eu acho muito interessante e ate penso um dia reproduzir, no caso seria esse padrão aqui, qual o problema então? so um: trata-se da maquina mais difícil que eu ja construi, exige um grau de modificação muito alto para deixa-la similar as verdadeiras, exigindo bons olhos para apreciar todos os detalhes que elas tem.

Não é definitivamente uma maquina para pessoas principiantes fazerem, claro se a pessoa esta muito interessada ela tem que tentar claro, mas o custo disso tudo somado as centenas de horas faz ate mesmo os mais experientes pularem fora do trem antes mesmo do projeto terminar, sendo assim muitas vão pro fundo do guarda roupa para dentro das caixas e ali ficam pra sempre ou então apenas aplicar uma pintura e esta tudo bem.

modelo ja concluido antes de
 receber a pintura
modelo ja concluido na bitola métrica HOn3
No caso se voce deseja muito mesmo uma as616E voce deve estar munido de fotos muitas alias, procurar pessoas que conheceram essas maquinas e perguntar sobre detalhes, fazer um garimpo de detalhes com fotos mais detalhadas, pois essa é a chave de se conseguir fazer uma com todos os detalhes, no caso da minha fui ate o fim do processo enchendo o saco de muita gente rsrs, mas o objetivo foi concluído com sucesso, fiz a maquina nos mínimos detalhes exigidos, não esqueci nada nela, exigi de mim mesmo o máximo de atenção e conselhos, alias conselhos não faltaram pra desistir dessa insanidade rsrsrs.
teto com ventiladores da AS616E

No caso da minha fiz completa, isso quer dizer, teto, laterais, cabine, ventiladores, degraus, truques invertidos (por falar neles conheço apenas duas maquinas com esse grau de satisfação exigido feito, a minha e do Nilson Rodrigues), e rebitolagem da bitola HO para bitola métrica HOn3. Os desafios foram enormes, pois se algo desse errado dificilmente conseguiria recuperar exigindo uma nova carcaça. E por falar em carcaça aqui foi uma mistura de 2 maquinas para se fazer uma bem feita, usei chassis e truques duma AS616 Stewart e carcaça da Bowser, apesar da bowser ser a versão atualizada da Stewart, essa não me oferecia a possibilidade de fazer a inversão dos truques, sendo assim usei truques da Stewart para isso.

 As modificações mais fortes foram no teto pois refiz tudo nele, caixas d'agua, ventilação, caixa de cilindros e cabine modificada vindo duma rs11, as laterais foram adicionas novas venezianas e as telas do freio dinâmicos foram trocadas de lugar,  truques foram invertidos trocando a base duma ponta e passando ela pra outra ponta, foi tenso isso, pois o material he muito quebradiço e tive que redobrar a atenção nesse ponto, testei e ficou muito bom, mas foi a parte mais tensa do projeto. bom deixo aqui com vocês as fotos do processo. Falta fazer um filme dela funcionando, depois eu mando aqui, abraços a todos.

processo de construção da locomotiva:

ventiladores do teto
 




laterais com o freio dinâmico e telas do motor trocadas de lugar


 chassis e mechanic alco
 

detalhes que foram usados




fotos da maquina ja pronta






Sunday, December 9, 2018

Pranchas PEC PNC especiais

Fala Pessoal, bacana?
Jogo rapido hoje, como ja tinha publicado anteriormente um pequeno artigo sobre as pranchas PMC e PEC, hoje apresento um artigo sobre algumas versões com pinturas diferenciadas.


Uma delas é essa azul ITAU feita encima de uma prancha PEC e que foi bastante modificada para o transporte de palete, não se tem muitas fotos ou documentos sobre o real uso da prancha, mas decidi reproduzir ela pois era a única que foi feita, e convenhamos é muito diferente das outras, dando assim uma quebrada na paisagem oxido das pranchas da Fepasa.



A prancha foi feita usando diversos perfil de estireno, usei da marca plastruc e tb da evergreen, tudo feito a mão, usei detalhes kadee para o freio manual e tb misturei 2 tipos de engates kadde para se forma um único conjunto de engates, pois na HOn3 a caixa do engate tem que ser estreita, senão o truque bate na caixa e o raio de curva fica limitado.


O trabalho de pintura foi feito por mim, os decais foram uma cortesia do meu amigo Paulo vinicius wolski radtke que os produziu com perfeição.

Também usei detalhes para reproduzir os sistema de freio da marca CAL-SCALE, mangueiras de latão da precsion scale, truques são da Exactrail, porem rebitolei eles de HO para HOn3. 

Fiz um video mostrando uma viajem das pranchas especiais misturada com outras de cor oxido na minha maquete.


















Wednesday, August 15, 2018

Pranchas Fepasa PEC e PMC

Falaaaaaaa Pessoal, tudo joia? depois de um bom tempo sem escrever nada, apresento a vocês todo um belo projeto que eu consegui finalizar a pouco tempo atras, trata-se das pranchas de bitola métrica PEC (com piso de chapa de metal) e as PMC (com piso de madeira).

Fiz nesse projeto 10 pranchas, sendo 5 PEC e 5 PMC, são pranchas dos anos 40-50 que ainda são usadas no transporte de trilhos, maquinas, dormentes, materiais, enfim, ainda existe uso para essas pranchas.

Os modelos que foram construídos por mim foram baseados em plantas originais da Fepasa, claro que tem algumas medidas onde não conseguimos elas, como material pra ser detalhado, neste caso tive uma imensa ajuda do Eric Mantuan, ele me forneceu muitas medidas especificas para que as pranchas pudessem ser feitas da maneira o mais real possível.

As pranchas foram construidas com material da evergreen e Plastruck. Para o detalhamento foram usados mangueiras da "precision scale", engates kadee com este curta e cabeças de engates na escala, caixa de engate kadde para HOn3, detalhamento de freio completo da cal-scale, suporte de apoio da a-line e roda de freio manual kadee. 

Os truques sao algo a parte de fato, são varias misturas ate chegar a proporção da bitola métrica em HOn3, foram usados truques exactrail HO, na qual foram rebitolados para a escala HOn3, as rodas 33 foram substituídas pour outras da própria exactrail tamanho 28.

Um dos problemas de se fazer material na unha he o fato de serem exclusivos, isso implica em muitas dificuldades, disponibilidade de coletar in loco as medidas necessárias para a confecção do material, que em muitos casos o material verdadeiro as vezes não existe mais. Um outro na qual sempre acho o maior dos problemas, o DECAL. Neste caso contei com um grande amigo do ferreomodelismo o Paulo Vinicius Radtke, me ajudou a realizar esse projeto fazendo toda a arte, preparação e impressão dos mesmos.

Bom o resultado podemos ver aqui uma a uma delas nesse artigo, tem o video delas sendo usadas nas viagens de teste em HOn3. É isso pessoal, espero que gostem o tanto que eu curti fazer esse projeto, em breve postarei mais coisas.











Saturday, July 25, 2015

Nova Maquete - Brand new layout

Fala pessoal, tudo bacana? eu espero que sim, 

bom vamos para mais um novo post, dessa vez o desafio será ENORNE, estou no inicio de tudo, mas principalmente para o projeto eu ja tenho o plano ja definido, será realmente um desafio em tanto.
Toda maquete basicamente tem um tema, a minha será basicamente uma mini baixada santista entre os anos de 1985 e 1995.





Patio ferroviário de Ana Costa



Teremos nessa maquete o pátio da ana costa na Fepasa, antiga EFS que ficava em Santos, esse pátio é muito grande, tive que reduzir muitas linhas para poder adaptar esse pátio no meu espaço, mas basicamente toda a área de oficinas, triângulo de reversão, linha do galpão e estação estão la, mas as linhas do pátio perdeu alguns linhas. Esse patio de ana costa será feito totalmente em bitola métrica HOn3, e na borda do pátio tera uma linha em bitola mista HOn3/HO para que todos os trens da maquete possam fazer a volta na maquete completa, mesmo que nunca tenha existido essa linha mista nesse pátio eu vou usar a "famosa licença poética".


Patio ferroviario de Paratinga



Logo em frente teremos o pátio de paratinga que fica no pé da serra, esse pátio é monstruoso e muito grande, tive que fazer uma super licença poética para poder fazer esse pátio na maquete, mas ele será bem comprido e tera linhas mista HOn3/HO e linhas da bitola larga HO, tera tb uma oficina somente para locomotivas da bitola larga HO. Basicamente todos os trens passaram por esse pátio, pois todo o trafego de composições entram e saem desse pátio. Tive que cortar o triângulo que era usado nesse pátio que servia para o pátio de samarita, como é uma maquete ferroviária não podemos colocar tudo que gostaríamos nesse espaço reduzido, mas foco nos principais pátios que para mim eram importantes quando tive a oportunidade de conhece los antes de desmantelarem eles.


Patio ferroviário de Cajati

Nesse espaço irei recriar o curto pátio de cajati que era ao mesmo tempo o fim dessa linha (Santos-Cajati). Como na vida real esse pátio era curtinho, conseguirei refaze-lo quase que como ele era antigamente, era basicamente meu fim de linha para a linha métrica da maquete, tera uma terminal de cimento e grãos nesse ramal.


Patio ferroviario de Evangelista de Souza 



Esse patio basicamente terá 3 linhas, uma principal em bitola mista HOn3/HO, e duas linha de bitola larga HO, será um pátio de passagem para a bitola métrica, e um pátio de vagões para a bitola larga. Terá a função de ligar os pátio de ana costa e paratinga no pé da serra, recebera os trens vindos de paratinga que servem o porto de Santos, em direção ao interior do Estado.

A maquete tera um bom espaço percorrendo as paredes do meu subsolo da minha casa, tera um metragem de 9 metros comprimento nas duas laterais e 4,60 metros nas duas paredes menores.
O traçado tera 3 niveis, o inferior 0cm (patio de paratinga), o intermediario 10cm de altura (patio de cajati) e 20cm de altura (patios ferroviarios de ana costa e evangelista de souza).
Os trilhos serão da micro engineering code 70 em bitola mista HOn3/HO, bitola métrica HOn3 e bitola larga HO. Os desvios serão um misto entre micro engineering code 70 e shinohara code 70.
Havera 4 túneis ao longo do traçado, haverá pontes, e duas partes moveis por conta das duas portas que existem no subsolo, elas serão moveis e terão 20cm de largura com pouca decoração.

Quero deixar aqui um grande abraço ao meu amigo Filipe Defacio que me deu um grande suporte e ajuda para elaborar esse enorme projeto, tantas e tantas noites de madrugada em um trabalho de cooperação total, fica aqui o meu imenso agradecimento a você Filipe, sem você isso não seria possível da maneira rápida e bem elabora como aconteceu, o trabalho em conjunto é tudo.

Bom é isso pessoal, conforme a maquete avança, eu vou atualizado aqui no site.

Grande abraços   

=====x=====x=====x=====x=====x=====x=====x=====x=====x=====x=====x=====x

  
Hello everyone, how are you doing? so here we go to a new post, at this time the challenge is very big, I'm starting a brand new layout, for this new project, I've already the map done, I've a long way to build this layout. Every layout has a theme, in my layout it will be a mini "baixada santista" between 1985 and 1995.

Yard of Ana Costa

We will have in this layout, the yard of ana costa - FEPASA, old EFS which was in Santos, this patio is very large, had to reduce a lot of lines to be able to adapt this yard in my space, but basically the whole area of workshops, reverse triangle, line the shed and station are there, but the yard has lost some lines. This yard ana costa will be fully done in metric gauge HOn3, and the edge of the yard will have a line in mixed gauge HOn3 / HO for all model trains can make the turn. Even if it has never had this mixed line in this yard, I'll use the famous "poetic license" to do that.

Yard of Paratinga

Just ahead we have Paratinga's yard stay at the foot of the mountain, this yard is monstrous and very large, had to make a super poetic license in order to make this yard fit it on my layout, but it will be very long and will have mixed lines HOn3 / HO and HO gauge, it will have a workshop only for locomotives HO gauge. Basically all trains will cross this yard, because all traffic compositions come from Paratinga and ana costa. I had to cut the triangle that was used in this yard that served to Samaritá yard, as a railway model can not put everything we would like in this small space, but focus on main yards that were important to me when I had the opportunity to know them prior to dismantle them.

Yard of Cajati

In this space I will recreate the short yard of cajati, that was at the same time the end of this line (Santos-Cajati). As in real life this yard was short, I'll be able to recreate it almost as it was before, will be basically my end line for the metric gauge, will have a cement terminal and grains in this yard.

Yard of Evangelista de Souza 

This yard basically have 3 lines, a major in mixed gauge HOn3 / HO, and two HO gauge lines. It will be a yard walkway to the meter gauge, and a yard wagons to HO gauge. Will serve to link the yard of  ana costa and Paratinga at the foot of the mountain, receiving the trains coming from Paratinga that serves the port of Santos, and going to interior of the state.

The model will have a good space covering the walls of my basement of my house, I will have a length of nine meters long on each side and 4.60 meters on the two smaller walls.
The route will have three levels, the lower 0cm (yard of Paratinga), the intermediate 10cm high (yard of cajati) and 20 cm high (yard of ana costa and evangelista de souza).
The rails will be micro engineering code 70 in mixed gauge HOn3 / HO, HO gauge and HOn3 narrow gauge. Turnouts will be a mix between micro engineering code 70 and Shinohara code 70.
There are four tunnels along the route, there are bridges, and two moving parts due to the two doors on my basement, they are mobile and will have 20 cm wide with little decoration.

Well that's it, as the model progresses, I'll update here on the site.

Big hugs

Monday, February 23, 2015

ALco RSD8 3508 Azul - Fepasa #

foto Alberto Henrique Del Bianco


Fala Galerinha, tudo bem com vocês?, eu espero que sim, bom hj temos nova postagem, vou ser um pouco breve na postagem beleza, pois basicamente no poste anterior eu apresentei a vocês a ALco do tim, hoje irei mostrar a vocês uma outra RSD8, a 3508 nas cores do primeiro padrão de pintura em azul.





Vamos falar dessa maquina, essa maquina tinha o histórico de sempre estar na baixada santista, a mesma fazia o trem do ramal de cajati ate a estação de Ana Costa, ela percorria toda aquela região de Mongaguá, Peruibe, e chegando a Cajati.


A construção segue o mesmo padrão da do Tim, mecânica Atlas S2, e truques Kato RSD4/5, ela ira ainda receber em breve DCC da láksound com barulho original do ALco 251-6T que é o som dela, alem dela estar ja na bitola métrica HOn3, na foto a mesma como pode se perceber esta sem faróis e sem engates, pois decidi padronizar todos os engates de todas as maquinas com o engate da sargent, se trata de um engate fielmente na escala, então por esse motivo a mesma ainda não esta completa, mas queria mostrar a mesma a vocês mesmo assim.












Bom galera, esse foi um post rápido beleza, espero que tenham gostado claro, ha quase me esqueci, não podia deixar aqui de agradecer aos parceiros Hobbytec e Fabiano Louzada que estão sempre la firme nos meus projetos. Beleza

Então vamos nessa e nos vemos em breve em uma nova postagem.

abraços 

Marlus Cintra

Hey everyone, how are you doing? I hope all you guys are okay all right.

So today I've a new post for all of you guys, this post will be short, today the locomotive is another RSD8, number 3508 with the first Fepasa paint scheme's.

This machine before was doing some passenger train between Cajati and Santos, it had just one passenger train with one car, a very small train, I don't know for how long time it was working on this line.

The machine was made with the same quality construction seen on my TIM 3510, it has a atlas S2 drive motor, and trucks from RSD4/5 kato, it's already on the narrow gauge HOn3, the machine doesn't have yet DCC and hooks, because I'm waiting for a loksound with the ALCO 251B-6t, plus I've decided to use sargent Hook on all my locomotives, passenger train and freight, But even like that I would like to show the machine for you to enjoy something different.

So folks, it was a fast post, just to show you something, for the next post I'll show some different stuff .

See you guys on the next train.

Best regards.