terça-feira, 13 de novembro de 2012

Fepasa # RSD8 3505 HO ex-Mogiana



Bom pessoal irei fazer a minha primeira postagem aqui, e para começar irei postar fotos do meu ultimo trabalho, trata-se de uma legitima rsd8 ex fepasa, orifinal da CP bitola metrica, passando depois para a mogiana quando a CP foi alargada para bitola larga. 

Eu acho essas rsd8 as maquinas com mais cara de trem q existe, sao unicas mesmo, motor ALco, barulhentas e sempre sujas e com aqueles detalhes que so vemos em trens de verdade.

Para matar essa minha vontade de ter essa belissima maquina da bitola metrica eu começei a minha procura pela powerline class 48, essa maquina he uma prima distante da brasileira, mas a mesma para virar uma rsd8 necessita de alguma modificações tais como:

Mesa;
limpatrilhos,
cabine,
janelas,
estrado,
escadas,
portas do lado direito (fechar portas e abrir outras);
portas do lado esquerdo (fechar portas e abir outras);
teto (escapamento);
testeiras (tirar os number boards);


Todo esse procedimento tem q ser feito apenas para a carcaça, a maquina da powerline vem completa, mas seu mecanismo deixa demais a desejar, entao partindo disso decidi procurar pour uma outra mecanica, nao achei nada ready to roll (pronto para rodar) entao parti para uma segundo pesquisa, procurei uma maquina para doar todos os componentes para a nova mecanica da minha rsd8. A maquina escolhida foi uma kato rsd 4/5, a mesma tem um excelente motor kato de 5 polos (ideal para quem quer usar dcc) e alem disso os truques dela sao muito similares aos da rsd8, a diferença entre os truques da rsd8 e da rsd 4/5 sao de 1mm em cada ponta, optei assim usar o conjunto, pois a mecanica é otima e tambem os redutores e truques kato sao excelentes.

Como nao podia usar o chassis da kato rsd 4/5 o jeito tambem foi construir um novo chassis partindo de um novo projeto, para tanto a confeccao do chassis foi usado uma placa de acrilico dura e muito resistente aos envergamento e com boa qualidade estrutural, fiz os furos centrais no chassis para os redutores da kato e no momento de acoplar o motor no chassi vi que o motor era muito grande e alto para a maquina em questao, entao o jeito encontrado para poder adaptar esse motor foi rebaixando o chassis e tambem fazendo um corte central para que o motor tambem fosse rebaixado, dando assim a altura necessaria dentro da carcaça da nova rsd8.

Fazendo os teste com um chip de dcc NCE percebi que a maquina estava rodando muito bem, entao partindo disso dei continuidade ao desenvolvimento do modelo, parti entao para a contrucao do tanque de Diesel, fora usados placas de estireno para a confeccao do mesmo, para a construcao dos reservatorios de ar que ficam al lado do tanque foram usados tanques da athearn (sw1500) modificados e encurtados, para as serpentinas nos tanques arame fino. Tem uma parte aqui que pulei, se diz respeito aos cardans utilizados na maquina, para se ligar o redutor no motor vc deve modificar os cardans e tb as roscas sem fim, para isso de um lado foi encurtado o cabo da rosca sem fim e usei tb um carda da sw1500 proto, para o outro lado usei todo o lado original da kato atlas rsd 4/5.

Bom depois de tudo no lugar foi o momento de dar acabamento no tanque de diesel, preenchi ele com placas de metal e cola. Hora entao do grande teste, como havia previsto todos os testes foram feitos com sucesso.
Entao era a hora de continuar com a fase 2 desse projeto, a instalacao de um dcc com som da soundtrax tsunami ALco 255 12 cilindros, usando falantes da miniatronicas e tambem a instalacao de luzes de led old gold, ideais para farois velhos em velhas locomotivas.
Mas um problema ameaçou o avanço desse projeto, a placa de dcc era imensa tanto de lateral e comprimento, o jeito encontrado para essa placa foi inverter ela de posicao, e ao mesmo tempo encurtar ela nos limites maximos permitidos para nao danificar a eletronica dela, para isso usei uma dremel rotativa para comer um pouco da lateral e da pontas dessa placa, entao era a hora de voltar a fazer o teste e mais uma vez como previsto tudo estava bem encaixado e preso na maquina, motor ligado, dcc funcionando, falantes funcionando, led's funcionando, era o momento de testar e ver se tudo estava de acordo, feito o teste como escoteira, era o momento de fazer o teste dela puxando carga, coloquei os kadees numero 5 pequenos e junto a maquina estava puxando 8 vagoes ghd de bitola metrica. Passados os testes dela escoteira de depois puxando alguns vagoes me dei como satisfeito r fico feliz demais de a ter feito, os creditos para a pintura e modificacao vao para o fabiano louzada. Obrigado pessoal, apreciem, irei colocar outros trabalhos em breve, segue abaixo as fotos e um link para o video e algumas fotos que fiz dela puxando alguns vagões.

Muito obrigado pela sua visita

#




e um outro video da maquina antes de estar pronta



Um comentário:

roberto de castro disse...

devo informar a todos que acessarem está página, que a LOCOMOTIVA DA FOTO será eternizada, visto que Associação Brasileira de Preservação Ferroviária - Nucleo de Campinas conseguiu a cessão para reforma da mesma no mes de dezembro de 2014, uma conquista dos amantes da ferrovia, ela deverá receber as cores da Cia.Paulista. (postado por Roberto de Castro Pereira em 26.12.14)